Rios de vida, fontes de amor divino

Postado em 16 junho 2015 por Paróquia São José de Osvaldo Cruz

stock-footage-underwater-loop-able-blue-under-water-scene-with-light-rays-loop-able-two-shots-to-chooseVivendo em comunidade e observando diariamente a atual crise d’água, somos levados a considerar a importância do tema. Se num primeiro momento sua abordagem parece estranha por estarmos acostumados a discutir, enquanto igreja, assuntos relativos à fé, aprendemos que o assunto tem mais valor que se pensa. Quando já vemos irmãos sofrendo pela falta de um recurso tão básico, percebe-se que é tempo de agir.

Iniciativas já são vistas, por exemplo, na atuação de parte das igrejas por meio da Pastoral da Pesca, essencial em regiões onde da água grandes populações tiram seu sustento. Ao mesmo tempo, convivem com o desafio de manter rios intactos para seus filhos e netos, apesar da constante redução da quantia de água; produto fundamental não só para estes, mas também para nós, dependentes dela para a continuidade da vida e o limpar, cozinhar… Vivemos todos ligados por estes córregos, rios, ribeirões: embora não sintamos, o problema é de todos. A água que se vai é bem comum.

Somos convidados a repensar seu uso. Usá-la no que for realmente necessário, abrir mão do desperdício e saber reaproveitá-la quando possível. É de grande sabedoria economizá-la considerando a atual crise. Afinal, santidade também se faz no carinho com tudo o que o Senhor nos dá. Vivemos tempos em que ser cristão implica ser, também, bom cidadão.

Deixe um comentário

Validação de segurança: *

Advertise Here
Advertise Here