Será que estamos aproveitando as oportunidades de conversão que Deus nos tem dado?

Postado em 14 março 2017 por Paróquia São José de Osvaldo Cruz

17352531_392077101173630_9063911763734387579_nO chamado a conversão continua latente na liturgia de hoje. Temos dois textos que nos auxiliam na revisão de vida a que somos chamados a fazer nesta quaresma. A primeira leitura do profeta Isaías traz o alento feito a Sodoma e Gomorra, e nos mostra que a chance da conversão e mudança de vida é dada a todos. Mas nem todos aproveitam essas oportunidades. Será que estamos aproveitando as oportunidades de conversão que Deus nos tem dado? Para saber quais são essas oportunidades basta prestar atenção aos ensinamentos de Deus, diz Isaías aos habitantes destas duas cidades que tinham se desviado do caminho. Uma vez conscientes dos erros cometidos e sabedor da vontade de Deus é hora de ter atitudes que nos purifiquem destes erros cometidos.

O que podemos fazer nesta quaresma para purificar nosso coração de tantos erros? O que a humanidade precisa fazer para purificar-se dos males cometidos contra o planeta, o meio ambiente e o próximo como nos pede a campanha da fraternidade deste ano? Isaías recomenda tirar as maldades do coração porque são elas que nos fazem ter ações más. É preciso aprender ou reaprender a fazer o bem. O bem quando não é exercitado é esquecido. Está aqui um belo propósito para a humanidade nesta quaresma, reaprender a fazer o bem. Se cada ser humano assumisse esse propósito em sua vida o mundo seria transfigurado como pediu a liturgia deste último domingo. Quais são os bens que podemos fazer? Isaías nos dá algumas dicas, mas podemos descobrir outras formas de fazer o bem de acordo com a nossa realidade. O que Isaías indica é procurar o direito, isto é, a prática da justiça e corrigir o opressor. É preciso não se calar diante da opressão. Quem vê alguém oprimido, ou melhor, quem vê alguém oprimindo a outro e se cala é cúmplice dessa opressão. É preciso defender os fracos e os indefesos, os que não tem ninguém por eles ou aqueles que não tem voz nem vez. A figura do órfão e da viúva expressa bem quem são esses fracos e indefesos aos quais devemos ajudar na sua causa, ou melhor, defende-los. É preciso refletir sobre tudo isso diz Isaías e buscar ter atitudes que sejam de conversão. Quando fazemos isso, mesmo que nossos pecados sejam inúmeros, grandiosos e evidentes, eles serão dissipados, perdoados e seremos purificados por causa das obras que praticamos e do propósito de mudança que tivemos. Porém se mesmo sabendo de tudo isso insistirmos em permanecer no erro, seremos destruídos por eles.

No evangelho Jesus insiste na obediência as leis e na observância dos ensinamentos de Deus. Obedecendo aqueles que conhecem as leis. Destaca porém que obedecer as leis não significa imitar os que as interpretam, os mestres da lei e os fariseus conheciam muito bem as leis e as pregavam como ninguém, mas não a viviam, suas ações eram incompatíveis com suas pregações e por essa razão não deviam ser imitados. Jesus recomenda ações que seja vistas por Deus e não pelas pessoas foi o que a liturgia da quarta feira de cinzas enfatizou. Hoje esse tema retorna para nós, para nossa reflexão, para que nessa quaresma continuemos a ter atitudes que resultem na nossa conversão e não num mero ritualismo ou formalismo religioso apenas para que outros vejam que rezamos e fazemos penitência. É preciso ter ações religiosas coerentes e sinceras, assim não devemos imitar a ninguém a não ser Jesus. o único mestre e Deus, o único Pai, as pessoas por mais santas que pareçam, nem sempre são modelos para serem imitadas ou reverenciadas por meio de nomenclaturas, honrarias e títulos. Os títulos e nomenclaturas são um nada diante de Deus que não vê estas formalidades sociais mas apenas o coração das pessoas, não importando quem elas sejam e quais os títulos que elas conseguiram reunir neste mundo. Para Deus o que interessa é um coração purificado e convertido.

(Padre José Carlos Pereira)

Deixe um comentário

Validação de segurança: *

Advertise Here
Advertise Here
janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031